O CEFEC é uma instituição sem fins lucrativos de caráter Filantrópico, inscrito no CNPJ 10.941.315/0001-97 sediado à Rua Governador João Agripino S/N- Marcos Moura-Santa Rita/PB, fundado em 15 de junho de 2009 pela Congregação Religiosa Católica Irmãs da Providência. Com a finalidade de atender a comunidade, sobretudo, as famílias em situação de vulnerabilidade e risco, pessoal e social. Durante esse período foram beneficiados diretamente, aproximadamente, 7.000 mil pessoas entre crianças, adolescentes, jovens e famílias.

         Atualmente o CEFEC atende 233 crianças e adolescentes através do Programa de Aprendizagem do Contra Turno Escolar (Oficinas pedagógicas: recreação dirigida, leitura, letramento, dança, ballet, esporte, capoeira, música, informática, atividade áudio/visual, formação humana e religiosa), para crianças e adolescentes entre 05 e 13 anos de idade. No período da manhã estão inseridos 280 adolescentes e jovens entre 14 e 29 anos no Programa de Educação e Qualificação Profissional nos seguintes cursos: Operador de Micro Básico, Operador de Micro Premium, Operador de Caixa, Assistente Administrativa, Serigrafia Digital, Embelezamento, Iniciação a Marcenaria, Iniciação a Música, Corte e Costura, Iniciação a Gastronomia e Oficina Cultural (Dança). Além, das atividades complementares (Formação Humana e Cidadã, Biblioteca, Esporte).

         Dentre os objetivos do CEFEC, está a oferta permanentemente e gratuitamente de assistência a todas as crianças, jovens e adolescentes atendidos, sem nenhum tipo de distinção e que estejam sob risco pessoal e/ou social; A promoção continuada da formação político – cidadã, visando desenvolver e/ou resgatar e/ou fortalecer o protagonismo através da reflexão crítica permanente como condição de crescimento pessoal e construção da autonomia, para o convívio social; A execução de programas e projetos que qualifiquem os serviços e benefícios sócios assistenciais; A articulação dos benefícios e serviços sócios assistenciais na promoção da integração ao mundo do trabalho; O fortalecimento da função protetiva da família, contribuindo na melhoria da sua qualidade de vida; A prevenção da ruptura dos vínculos familiares e comunitários, possibilitando a superação de situações de fragilidade social vivenciadas.

          O município de Santa Rita é formado por uma população de 122,456 habitantes (IBGE 2010), com o IDH em 0,659, abaixo da média nacional que é um pouco mais de 0,718, estatisticamente considerado o terceiro município mais violento do estado da Paraíba; o quinto pior do país para vivência de jovens até 21 anos, segundo dados do Tribunal de Justiça. Apresenta um índice alto de vulnerabilidade e risco social. O crescimento populacional rápido e desordenado contribui para o agravante dos problemas sociais. A falta de políticas públicas, e de ações concretas para modificar a atual realidade, ocasionando a expansão da violência doméstica, do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, o trabalho infantil, o aumento de adolescentes ingressando no mundo das drogas, do crime, e consequentemente, nas estatísticas com o alto índice de adolescentes assassinados.